Matérias

Importância da Inteligência Emocional na Organização

No cenário contemporâneo, as organizações tem demandado profissionais que apresentem não só competências técnicas como as comportamentais, dentre estas destaca-se a competência interpessoal, que possibilita estabelecer um ambiente interno mais propício para vencer os inúmeros desafios enfrentados pelas organizações.

Segundo Daniel Goleman (1995), inteligência emocional é a capacidade de identificar sentimentos e de nos motivarmos, bem gerenciando emoções em nossos relacionamentos.

É a inteligência emocional a grande responsável pelo sucesso ou insucesso de muitas pessoas. Vale ressaltar que a maioria das situações de trabalho, são envolvidas por aspectos ligados ao relacionamento interpessoal, e desse modo as pessoas que conseguem agir sobre suas emoções, controlando estímulos e administrando bem a razão e a emoção, conseguem alcançar o sucesso. 
 

Para  Goleman, a inteligência emocional apresenta cinco componentes principais:

 

 

 

 

Estas dimensões caracterizam a visão da Inteligência Emocional, a qual refere-se a capacidade de identificar nossos próprios sentimentos e os dos outros, de motivar a nós mesmos e contribuir para a motivação das pessoas, assim como gerenciar bem as emoções em nossos relacionamentos sócio profissionais. O termo descreve a capacidade distinta e complementar da inteligência acadêmica, que se compõe de capacidades cognitivas medidas pelo Q.I., ou seja, tão importante como as habilidades cognitivas, as habilidades emocionais devem ser consideradas para a excelência no desempenho das atividades do profissional  e o sucesso organizacional

Rua Duarte de Azevedo, 284 – cj. 38 – Santana
Tel / Fax: (11) 2950-2774
CRP 06/652/J

Política de Privacidade


Fatal error: Cannot redeclare MP() (previously declared in /home/roka/www/admin/funcoes.php:10) in /home/roka/www/admin/funcoes.php on line 15