Matérias

Empreendedorismo na Terceira Idade

Os institutos de pesquisa indicam que uma das vantagens do empreendedor com mais de 60 anos é aquela que representada pela sigla C.H.A. – Conhecimento, Habilidades e Atitudes – da terceira idade.

Desta forma o conhecimento, que refere-se ao ter e o saber, concebe-se que o empreendedor da terceira idade, por ter uma longa carreira profissional, já acumulou e especializou seu conhecimento durante vários anos de trabalho, caracterizando uma sólida base para a sua tomada de decisões e comportamentos.

Por outro lado, a habilidade que refere-se ao saber fazer, considerando que além do conhecimento adquirido, os profissionais experientes sabem aplicar o conhecimento que possuem, gerando resultados concretos. É a aplicação prática do saber.

Essa vivência de diferentes realidades é uma vantagem competitiva pessoal significativa.

Tem-se também o fator atitude, ou seja, o querer fazer, como sendo o agir de forma adequada para atingir os resultados. Consequentemente quem resolve abrir seu próprio negócio na terceira idade, certamente desponta como motivado em querer fazer, empreender buscando superar barreiras e os limites existentes.

A terceira idade é conhecida como o momento ideal para cuidar de si mesmo. Por outro lado, continuar profissionalmente na ativa é uma escolha coerente.

O trabalho após a aposentadoria é encarado como uma das alternativas para o indivíduo satisfazer suas necessidades e expectativas de vida. É evidente que cuidar-se, a busca de qualidade de vida tanto em nível psicoilógico, quanto social e cultural, são fatores que agregam valor e significado para o indivíduo, tanto em nível pessoal, quanto profissional.

Segundo estudos que vem sendo desenvolvidos, uma pesquisa realizada em 2013, por consultoria especializada, sinalizou que 53% dos aposentados tem expectativas em voltar a ativa, seja de forma remunerada ou voluntária.

Existem duas razões para as pessoas quererem trabalhar após a aposentadoria, ou seja, por oportunidade, para realizar um sonho e se sentir ativos e úteis, ou por necessidade, no intuito de complementar a renda familiar, ou falta de uma reserva financeira. Nesse sentido, empreender com mais de 60 anos vem sendo objeto de estudo.

Tem-se que a pesquisa Empreendedorismo no Brasil, elaborada no projeto global entrepreneurship monitor (GEM), realizado pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) em parceria com o SEBRAE e a FGV, comprovou a relevância do empreendedorismo na terceira idade, ou seja, em 2015, 8.450 dos empreendedores iniciais tinham entre 55 a 64 anos, por outro lado, em 2007, esse percentual era de 4,9%. Portanto, em 8 anos, houve um aumento de mais de 70% de empreendedores iniciais com mais de 55 anos.

Rua Duarte de Azevedo, 284 – cj. 38 – Santana
Tel / Fax: (11) 2950-2774
CRP 06/652/J

Política de Privacidade


Fatal error: Cannot redeclare MP() (previously declared in /home/roka/www/admin/funcoes.php:10) in /home/roka/www/admin/funcoes.php on line 15